segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Médicos de todo o país suspendem o atendimento na quarta feira dia 21/09

Médicos de todo o país suspendem o atendimento na  quarta feira dia 21/09
As entidades médicas estaduais informam que, desde a paralisação dos  planos de saúde, no dia 7 de abril de 2011, vêm negociando com várias operadoras que atuam no Estado de São Paulo, no sentido de valorizar os honorários médicos praticados na saúde suplementar.
Foram registrados avanços significativos nas negociações, mas até o momento não atingimos o reivindicado pelos médicos com base na Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM).
A paralisação em rodízio de especialidades, iniciada em 1º de setembro em São Paulo, é dirigida aos planos que não aceitaram negociar ou responderam de forma totalmente insatisfatória aos valores defendidos pelas entidades médicas.
O nosso objetivo é obter maiores ganhos para os médicos e reparar as perdas acumuladas durante anos sem reajustes dos honorários.
Convidamos o colega a aderir à nova paralisação nacional dos planos de saúde, convocada para o dia 21 de setembro, quando serão apresentados à sociedade os seguintes planos que não querem negociar ou não valorizam os médicos no Estado de São Paulo:
 Ameplan, Blue Life, Dix Amico , GEAP, Golden Cross, Green Line, Intermédica, Notre Dame, Medial, Prosaúde, Volkswagen.
Pedimos a suspensão, no dia 21/09, de todas as consultas e procedimentos eletivos de pacientes conveniados aos planos selecionados, garantindo o agendamento dos pacientes para nova data e mantendo os atendimentos de urgência.
Solicitamos que informe seus pacientes e divulgue a suspensão junto aos seus colegas de trabalho, de especialidade e da região.
Ressaltamos que nenhuma negociação ou acordo foi totalmente encerrado.
O movimento não vai parar. A partir de outubro daremos ênfase aos planos que não atingem o mínimo reivindicado pelos médicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget